Páginas

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

O DIA QUE NEVOU EM CURITIBA

.

Disseram que nevaria na última semana. Logo de cara, pensei que seria bem legal, afinal, nunca ví nada assim. Há quantos anos não neva em Curitiba? Sinceramente, pra ver minhas roupas congeladas ou a água da torneira trincando, prefiro continuar ser conhecer este espetáculo.

Sabe de uma coisa, um espetáculo, qualquer que seja, deve levar a gente a uma reflexão, uma emoção além do entretenimento e, acho que ver nevar na capital, esquecendo que o frio mata, sem dúvida não é motivo de festa.

Eu não conseguiria imaginar a neve caindo enquanto estou na frente da televisão, de baixo do meu cobertor, tomando um 'chazinho', só pra assistir ao noticiário e acompanhar as últimas mortes por hipotermia.

Então, estou eu num local de todo costume e ouço:
- Ah, mas aí já é demais não querer que neve por causa disso, não vamos ser tão extremistas.

Ouvi essa pérola de humanidade e sucumbi. Só pra ter uma ideia, depois desse dia, rascunhei esse pensamento e levei quase duas semanas pra escrever esses parágrafos, porque eu precisava deixar claro um sentimento menos fundamentalista e tentar entender como alguém pode simplesmente dizer tal coisa. Não consegui. Apenas escrevo pra não guardar essa barbaridade só pra mim.

É de rachar o olho. Ainda sinto uma pontada de culpa por só estar com frio nos dedos. Mas se essa gente que separa a razão do coração fizer um limpa numas pecinhas quentes de roupa, com certeza um pedacinho do céu já ficava reservado. Certeza que ficava.

Pra terminar, fiz uma pesquisa na wikipedia e descobri que aqui não neva desde 1955 e de verdade, espero que continue assim pelo menos por enquanto, afinal, a única coisa que eu vi foi frieza, de pessoas congeladas por dentro, bem mais frias do que aqueles flocos que insistem em não cair.


.

Um comentário:

O Que Der na Telha disse...

é... difícil msm, eu gosto de frio, mas eu sempre penso na hora de dormir "e as outras pessoas?", digo as menos favorecidas ou as mais debilitadas... duro viu! tem gente que infelizmente só se preocupa com o concelamento do próprio c*! sad but true, como já dizia o saldoso Metallica (ha ha ha)!