Páginas

segunda-feira, 28 de junho de 2010

OUTRO PERFUME, OUTRO

.

há um perfume na palma da mão
um gosto cheiroso que deixou comigo
amargo floral de frasco rosado
um pouco doce demais eu lhe digo

a tua frente tem um brilho na pele
parece que esteve alguém contigo
sangue e suor quentes por dentro
mais do que sinais foi preciso pra isso

e essa marca na testa corada suave
onde sempre meu beijo amado te dedico
honesta pérola do teu namorado
o que deita e acorda contigo

nunca me escreveram nada
jamais nessa dança trapaceou
fiquei perdido com o que houve
mas você agora me machucou

inverti a semelhança comigo
não sei mais quem somos, quem eu sou?
pára nessa esquina, pois minha rosa caiu
junto com as pétadas, o encanto se quebrou

com esse recado
só posso dizer-te
adeus

.

Um comentário:

Carol Freitas disse...

Que bonito isso...

=)